segunda-feira, 16 de maio de 2011

Afinal, pedofilia é um crime

Décadas depois dos primeiros escândalos de pedofilia dentro da ICAR, onde os violadores eram apenas passados de diocese em diocese, 49 anos depois do Crimen sollicitationis que mandava a hierarquia da ICAR estar caladinha, 10 anos depois da De delictis gravioribus que insistia que os casos deveriam ser resolvidos internamente, a ICAR parece começar a admitir que a pedofilia deve ser tratada como um crime público.