quarta-feira, 13 de junho de 2012

Futebol chinês: um exemplo para Portugal

Não deixa de ser curioso que uma ditadura como a chinesa consiga combater mais eficazmente a corrupção futebolística do que a democracia portuguesa: com penas efectivas de prisão (pesadas, dez anos), para dirigentes (incluindo ex-presidentes da federação local) e jogadores da selecção. Seria possível em Portugal esta mão pesada com a gente do jogo do pé-na-bola? Creio que não, infelizmente.