segunda-feira, 15 de novembro de 2010

As vantagens (de que ninguém fala) das portagens nas ex-SCUTS

Portagens nas SCUT dão mais três mil clientes diários ao Metro do Porto.

Na introdução de portagens nas SCUTS, posso concordar com os protestos de utentes em Aveiro (as povoações da Barra e Costa Nova estão completamente isoladas, a menos que paguem portagem) e Gaia (uma situação descrita pelo Pedro Fragoso). Ambas estas situações resultam da transformação em autoestradas (que as populações locais não pediram) de antigas estradas nacionais, sendo que não existe efetivamente alternativa nenhuma. Não apoio os protestos dos concelhos de Matosinhos e Maia, nem os de Viana do Castelo (ali ao lado, para Braga, Guimarães e Valença, sempre se pagou portagem). No norte da área metropolitana do Porto, se não querem pagar portagens vão de metro!

1 comentário :

  1. 3000 a mais num tráfego de 300.000 veículos é uma gota de água

    o problema são os carros com um passageiro
    2/3 do tráfego

    demasiado individualistas " o car pool" funcionava há 35 anos quando poucos tinham carro

    hoje não funciona de modo nenhum


    em 1975 era possível estacionar em qualquer lado no Porto com excepção dos clérigos

    em 2002 tanto quato me lembre o trânsito era caótico

    8 anos depois deve ter piorado

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.