quarta-feira, 13 de julho de 2011

«Informaçõezinhas» e jornalistas na mesma cama

Todos sabíamos que Rupert Murdoch é um personagem mafioso (distinguido pelo Papa e tudo). O escândalo do uso de escutas telefónicas para obter informações que saíam no tablóide News of the World (e também noutras folhas da direita britânica, como o The Sun e o Sunday Times) está apenas no início, e que um Primeiro Ministro seja escutado por jornalistas não espanta ninguém que tenha acompanhado a política portuguesa no último par de anos. Mas mesmo estando apenas no início já se descobriu que a distância que vai dos alegadamente «impolutos» serviços «de informações» à imprensa tablóide é mais curta do que uma mesa de pub.

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.