terça-feira, 5 de julho de 2011

Após o Prós e Contras (1)

Mais uma vez apareceu Fernando Santos a afirmar que “o nível de vida na Grécia é muito mais caro que em Portugal”, e para tal baseou-se nos seus hábitos de consumo enquanto português. Por exemplo, afirmou que um café custa três ou quatro euros. Tenho uma novidade para Fernando Santos e para muita gente que comete o mesmo engano: deve comparar-se, tratando-se da Grécia, com os hábitos de consumo… gregos. Eu já estive na Grécia e garanto que o café é ao mesmo preço da nossa bica. Mas é o café que os gregos tomam: o café… grego. O “espresso”, como é consumido sobretudo por turistas, é natural que seja mais caro. Quem costuma fazer este tipo de comparações (não é só Fernando Santos) provavelmente deve comparar depois o preço da pêra rocha, e de seguida o da água das pedras.

6 comentários :

  1. Ainda bem que aquele lodo que se agarra aos dentes é barato, senão não sei quem é que bebia...

    Frappés é que é.

    ResponderEliminar
  2. Mas a sério, este tipo de comentários é feito à vontade porque não está lá ninguém para contrariar.

    Assim se vai vendendo a ideia de que a culpa da crise são os detalhes, é a prodigalidade de que quem devia ser poupadinho.

    No ETV os boys do ISEG andam à solta. Na Sic também andam à vontade.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado ao Filipe por nos esclarecer.

    A Sandra Felgueiras espalhou aos quatro ventos o altíssimo preço do arroz e dos robalos num supermercado grego. Lembro-me agora que os portugueses são o povo que mais arroz e mais peixe comem na Europa. Se calhar na Grécia não se come arroz nenhum. Nem robalos.

    ResponderEliminar
  4. Essa do arroz foi referida no programa. Assim de repente não me lembro de nenhum prato típico grego com arroz, de facto. Mas acho que o problema deve ter sido os supermercados onde a Sónia Felgueiras foi. Se aqui em Portugal se for ao Corte Inglês também se acha tudo mais caro.

    ResponderEliminar
  5. ahahah! sim, não é o primeiro turista que compara custos de vida usando a bica... como se todo o mundo tivesse o vício português (o que torna o café bastante barato por cá). fosse comparar rendas de casa e já via como lisboa é caríssima.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.