terça-feira, 9 de novembro de 2010

FIM

Os juros da dívida portuguesa ultrapassaram esta manhã os 7%, o limite fixado por Teixeira dos Santos para chamar o FMI. E agora?