quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Governo viola memorando com a tróica e desperdiça dinheiro

Vamos aos factos.
  1. Praticamente metade dos alunos das escolas privadas são subsidiados pelo Estado.
  2. Um aluno de escola privada custa ao Estado 4400 euros; um da escola pública, 3750.
  3. Muitas escolas privadas subsidiadas pelo Estado estão próximas de escolas públicas subaproveitadas.
  4. «Reduzir os custos na área da educação (...) através da (...) redução e racionalização das transferências para escolas particulares com acordos de associação» (Memorando, 1.8)
  5. Decisão de Nuno Crato: aumentar os subsídios às escolas privadas com contrato de associação.
Começa mal.