terça-feira, 29 de junho de 2010

Burca e terrorismo

São duas faces do fascismo islâmico. Ler o depoimento de uma argelina.

1 comentário :

  1. Só me parece, na minha enorme ignorância, é que o "islâmico" está a mais...
    É que todos os sistemas religiosos, sempre usaram o fanatismo e o fundamentalismo religioso para melhor controlarem a sociedade, o poder e a propriedade.
    O resto, mais pano, menos pano, mais direitos , menos direitos, foi sempre para sublinhar o poder de quem o tem e para desviar as atenções do essencial: A opressão da maioria por uma minoria.
    Cumps!

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.