sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A Médis da Médis



No seu mais recente anúncio televisivo, a Médis decidiu associar-se à campanha de desmantelamento do estado social promovida pelo governo PSD-CDS (ou não fosse a Médis, ela mesma, fundada pelo atual ministro da saúde, uma das principais beneficiárias desse desmantelamento). E é assim que, para convencer os portugueses a fazerem um seguro de saúde, a Médis nos anuncia que “a realidade mudou”, “os tempos estão a mudar” e agora, “mais do que nunca”, é que é. E termina pedindo “vá a Medis”. É isso que Passos Coelho, Paulo Macedo e o governo querem: mandar os portugueses à Médis. Ora, se me permitem, era isso mesmo que eu gostava de sugerir a esses senhores e aos respetivos apoiantes: vão à Médis. Eu diria mesmo: vão barda-Médis.