sexta-feira, 11 de março de 2011

Acidente nuclear grave no Japão

Ainda não há muita informação disponível, mas é já uma certeza que há um incêndio na central de Onagawa e, como se temia esta manhã, há problemas muito graves de arrefecimento de dois reactores na central de Fukushima.
Relembro que em Chernobyl a gravidade do acidente foi agravada pela explosão causada pela pressão do vapor da água do circuito de arrefecimento de um dos reactores e por falhas graves no projecto da central. Na central de Fukushima pode estar a acontecer o pior, mas para já não há indicações de problemas com as cúpulas que encerram os reactores e que evitam fugas radioactivas significativas. No entanto os materiais altamente radioactivos armazenados no exterior foram dispersos pelo tsunami.
11 dos 55 reactores japoneses pararam durante o terramoto.
Ler e/ou ouvir a reportagem da Euronews.