quinta-feira, 3 de novembro de 2011

História concisa da crise

Parece-me que esta crise do sistema capitalista se explica de forma relativamente simples. A partir do início dos anos setenta, um aumento crítico nos preços da energia criou uma oportunidade política que a direita aproveitou para destruir a revolução social do século XX e anular as conquistas dos trabalhadores, que tinham criado as classes médias europeia e americana. Como o capitalismo dos anos setenta dependia da existência de uma classe média, a direita resolveu o problema dando crédito aos trabalhadores cujos direitos iam sendo progressivamente destruídos. A direita foi adiando a crise à medida que a classe média empobrecia, desregulamentando o crédito e autorizando a classe de gangsters que tomou conta da banca a inventar produtos económicos que empurravam o problema da insolvência para o futuro.

Agora estamos no futuro.