segunda-feira, 4 de julho de 2011

Fernando Nobre abandonou o Parlamento

o Ricardo Alves escreveu:

«Finalmente desiludido, Nobre tomou ontem a única decisão sensata desde que entrou na política: ficar no Parlamento. Contradiz uma promessa da campanha das legislativas, eu sei, mas esta é a única contradição que facilmente se lhe perdoa: porque agora pode sentar-se no Parlamento e mostrar o que vale, trabalhando na labuta parlamentar, como qualquer outro neófito da política, Nobre ou não.»

Pelos vistos, isso não aconteceu: Fernando Nobre abandonou o Parlamento.