quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Há boas notícias

Parece que ainda há (algum) respeito pela privacidade em Portugal: a videovigilância na Amadora foi travada pela Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Adenda: infelizmente, o MAI não desiste.