sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

E porque hoje é dia de ponte

A 1 de Dezembro de 1640 o Secretário de Estado, Miguel de Vasconcelos, representante da coroa espanhola em Portugal, era defenestrado pelos revoltosos. Com esta revolta, começava a mais longa época da nossa História (a 4ª dinastia), e Portugal voltava a ser um Estado totalmente independente. O rumo do país voltou a ser decidido em Lisboa, em detrimento de Madrid.

A 8 de Dezembro de 1854, Giovanni Maria Mastai-Ferrett decreta em Roma, que de acordo com a sua interpretação dos evangelhos canónicos (escritos 17 ou 18 séculos antes) tem a certeza, que a concepção de Maria foi feita sem pecado original.

Em 2012, o Estado Português e os Portugueses celebrarão o segundo acontecimento. O primeiro não.

6 comentários :

Energoúmenon non possessus disse...

O rumo do país passou de Madrid para Lisboa...agora a vantagem dessa mudança para os de Huelva ou Badajoz
e para os da linha de Elvas
não foi muito perceptível

Tal como Madrid cresceu à custa da península ibérica

Lisboa foi reconstruida graças a um fisco um pouco mais avaro que o castelhano

D. João IV: 1640-1656
conceição ouro 916,6 41,96 12.000 réis
quatro cruzados ouro 916,6 12,24 3.000 réis
cruzado ouro 916,6 3,06 750 réis
tostão prata 921,9 8,19 100 réis
conceição prata 916,6 28,68 600 réis
cruzado prata 916,6 22,94 400 réis
tostão prata 916,6 5,73 100 réis
quatro vinténs prata 916,6 4,58 80 réis
vintém prata 916,6 1,14 20 réis
V réis cobre - 19,1 5 réis
real cobre - 3,8 1 real
D. Afonso VI: 1656-1667
quatro cruzados ouro 916,6 12,24 3.500 réis
moeda ouro 916,6 12,24 4.000 réis
cruzado prata 916,6 22,94 400 réis
tostão prata 916,6 5,73 100 réis
quatro vinténs prata 921,9 4,58 80 réis
vintém prata 916,6 1,14 20 réis
cruzado prata 916,6 18,35 400 réis
tostão prata 916,6 4,58 100 réis
quatro vinténs prata 921,9 3,67 80 réis
vintém prata 916,6 0,91 20 réis
D. Pedro, Príncipe Regente: 1667-1683
(cunhagem manual)
moeda ouro 916,6 12,24 4.400 réis
quatro vinténs prata 916,6 3,67 80 réis
meio tostão prata 916,6 2,29 50 réis
vintém prata 916,6 0,91 20 réis
(cunhagem mecânica)
moeda ouro 916,6 10,76 4.000 réis
cruzado prata 916,6 17,31 400 réis
tostão prata 916,6 4,32 100 réis
quatro vinténs prata 916,6 3,46 80 réis
X réis cobre - 22,9 10 réis
real e meio cobre - 3,4 1,5 réis

é fazer a comparação na quantidade de cobre em circulação que ganhamos com a in dependência

Energoúmenon non possessus disse...

1640 3,8 gramas de cobre 1 real

1667 3,4 gramas de cobre real e meio


1640 vinte réis 1,14 gramas de prata

1667 2x Xreis= 2x 22,9 gramas de cobre

as bolsas certamente ficaram mais pesadas

mas cada vez compravam menos

é que o trigo de que se fazia pão era andaluz

e o importado do norte europeu a crédito ficou-nos muito mais caro

Energoúmenon non possessus disse...

1640 V réis de cobre davam para pão
por 19,1 gramas de cobre

em 1667 10 réis de 22,9 gramas compravam pão de centeio cheio de cravagem

La crisis demográfica: A lo largo del siglo XVII la población se estancó:
Castilla se vio más afectada que la periferia, en especial el núcleo central de la
meseta. El periodo de crisis más intensa fue de 1630 a 1680.
Los factores que contribuyeron a este nulo crecimiento fueron:
- Las sucesivas crisis de subsistencia: malas cosechas, hambre. Todo ello
dificultado por las constantes guerras que impedían las importaciones.
- Las epidemias: favorecidas por la desnutrición. La peste reapareció.
- Las guerras: entre 1640 y 1668 las guerras fueron permanentes. La falta de
mercenarios llevó a reclutas forzosas: rebeliones, jóvenes en edad de
producir

etc etc etc perdemos a 1ª hegemonia europeia por guerras nacionalistas no interior de um reino unido

os ingleses galeses gaélicos e scots pelo contrário
1 rey 4 diversidades linguísticas
e nacionais permaneceram

Maquiavel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maquiavel disse...

Mas o que "nós" celebraremos a 08/12/12 näo é o que o João Maria alvitrou, é o que o João IV fez, na sequência de ter feito o 1.o de Dezembro...

Este desGoverno mostra acefalia em toda e cada decisäo que toma... parece de propósito!!!

... a começar por ser a ICAR a impor que os feriados a retirar tivessem que ser civis e religiosos em partes iguais! É de subir às paredes!

2012 começa em 9 de dezembro disse...

é que Maria era virgem

já o 1º de Dezembro andava com gente muito duvidosa

não celebram se não quiserem

eu atiro sempre qualquer coisa pela janela no 1º de Dezembro

mandem-me o Jão Basco que o 1º de Dezembro de 2012 até na CNN aparece