segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Revista de imprensa (27/8/2012)

  • «Na semana passada, como eminência parda ou como peão de brega, o que ainda não se sabe bem (ou melhor, nós ainda não sabemos bem, mas certamente há quem saiba), António Borges veio a público dizer qual era a intenção do governo em relação à privatização da RTP. O “plano” é simples: primeiro, encerra-se o segundo canal e tudo o resto que não interessa; segundo, entrega-se a um grupo privado a “exploração” por 20 anos do primeiro canal da RTP, entregando-lhes o dinheiro dos contribuintes, espoliados através da factura da electricidade, no valor de 150 milhões de euros a que acrescem as receitas da publicidade, no valor de 50 milhões de euros; terceiro, o grupo privado a quem for entregue a exploração do canal “público” de televisão paga as despesas, neste momento estimadas em 180 milhões de euros, mas ainda fica com rédea solta para as reduzir, despedindo trabalhadores, reduzindo os salários e tudo o mais que lhe vier à cabeça para aumentar o seu lucro. Ou seja, à partida o lucro seria na ordem dos 15 a 20 milhões de euros – um petisco sem riscos. Só faltou mesmo António Borges dizer: temos aqui dois ou três amigos interessados em fazer o “negócio”. Esta solução para a “privatização” da RTP tem também a particularidade de revelar que o governo não quer aliviar um cêntimo a carga de impostos e as taxas que recaem sobre os portugueses. Qualquer solução para os destinos da RTP que passe pela extinção da taxa cobrada nas facturas da electricidade é, na perspectiva do governo, “dinheiro perdido” que desaparece: não beneficia os amigos, nem entra no Orçamento do Estado. Estamos entregues ao Goldman Sachs.» (Tomás Vasques)

5 comentários :

  1. Ai albes dos reys, nã sey que jãbasquista é esse dos tomas...
    mas ou é o Jerónimo ou o loução que o mandam ou é seguro que o quer
    o a RTP o tem?
    mánudagur, 27. ágúst 2012É SEGURO QUE SERÁ SEGURO TER SERVIÇO PÚBLICO DE RÁDIO TELEVISÃO QUANDO A NAÇÃO MAÇÃO FOR AMASSADA OUTRA VEZ?
    Na semana passada, ou seja aqui há uns dias, umas 72 horas mais ou menos, a Sinistra repubicans essa ave alarve do algarve, reparou que o Homo eminencialis pardina não existia apenas na RTPê mas tinha alargado o seu nicho ecológico a toda a nação mação.
    A RTPê afinal não era a única a ter o monopólio das touradas televisivas ou do peão de brega,que se desbraga em salamaleques cum os salamaleiques e outros xeiques sin coverture,
    Aparentemente o que ainda não se sabe bem (ou melhor, nós (os taes que são ignorantes mas raramente o admitem) ainda não sabemos bem, mas certamente há quem saiba),

    ResponderEliminar
  2. António o Bórgia da borga, veio a público dizer qual (qual o quê?)dizer, qual
    era a intenção do governo em relação à privatização da RTP.
    Ou seja o governo tem intenções?
    o governo é bem intencionado, ou vai continuar a esmifrar-nos 145 milhões ao ano para pagar salários a 2000 tipos e direitos de transmissão a mais uns 40 graúdos que dominam o mercado (fora a Carlos Cruz produtora que foi trocada por miúdos).

    O “plano” é simplex:
    1ºprimeiro, encerra-se o segundo canal e tudo o resto que não interessa;
    (ou seja encerra-se o zig-zag, a cópia das 22 horas do noticiário da RTP notícias e os direitos de transmissão dos programas que passam no cabo Californication NGC etc
    (com a excepção da Britcom) e dA fé dos homens
    Os documentários da RTP notícias terão de passar noutro lado fora das horas do Elo mais fraco ou do Jorge gabriel porque quem quer ver os sem abrigo e a criminalidade
    vê os programas da TVE na zona da raia
    Ou espreita a TVI 24 no café da zona


    2ºsegundo, entrega-se a um grupo privado a “exploração” por 20 anos do primeiro canal da RTP, entregando-lhes o dinheiro dos contribuintes, espoliados durante 55 anos primeiro pela Taxa Salazarista da Radiodifusão, que só pagava quem tinha medo dos fiscaes
    e até dizia eu áqueles gaijos não pago nada, pagas a taxa bolas pá és parvo
    ora como no tempo do cavaquistão já ninguém pagava a taxa e cada vez a RTP custava mais lá veio

    através da factura da electricidade,

    no valor de 140 milhões de euros e a descer que andam a cortar a luz aqui nas Belas Vistas e Picapaus Amarelos dos desertos

    a que acrescem as receitas da publicidade, no valor de 60 e a decrescer para 50 ou menos milhões de euros; terceiro, o grupo privado a quem for entregue a exploração do canal “público” de televisão paga as despesas,

    É SIMPLES PôRRA OLHA SE FOSSE COMPLEX...
    CON TI NU ANDO? Salvoseja

    150 + 50 dava 200...e 140 +60 dá 200

    as despesas são 100 milhões de ordenados+30 milhões pagos a fornecedores + 70 milhões para a grelha de programação que deve custar 100 milhões mas imaginemos

    que 100+30+70 apenas dá 200 o que seria coisa rara nos últimos 50 anos

    a RTP apresentar um balanço equilibrado

    Mas como a RTP2 tem A fé dos Homens

    tenhamos fé que a RTP vai ficar com a mesma fé..

    Algures a Sinistra repubicans na pessoa dum tal de Vasque Gonçalves com carecada
    acha que neste momento estimadas em 180 milhões de euros, estimadas o quê?
    as luvas de estimação?
    as estimas da população?
    isso não diz mas estão estimadas isso é que interessa

    mas ainda fica (quem fica? obviamente ele pois não dá pra pluralizar) com rédea solta para as reduzir, despedindo trabalhadores, reduzindo os salários e tudo o mais que lhe vier à cabeça para aumentar o seu lucro.
    Pois 2000 ganharem 100 milhões ao ano em massa salarial
    é perfeitamente normal na Suécia no Luxemburgo ou até na Suiça

    100 milhões a dividir por 2000 dá 50$000 cinquenta mil réis a cada um por ano uma bagatela


    Ou seja, à partida o lucro seria na ordem dos 15 a 20 milhões de euros
    atão são 15 ou 20 milhões?

    as despesas várias de 30 milhões extinguem-se?
    Não precisam de electricidade e água?
    maquilhagem e cabeleireiros contratados ao exterior
    Viagens de enviados especiais com despesas para viagem
    Manutenção dos elevadores
    Serviços de Limpeza
    E de segurança
    Por causa dos bombistas fechados nas casas de banho da RTPê
    um exclusivo do serviço púbico
    quando arrasaram gentilmente um entre tantos que fazia a sua vida
    à custa de emigrantes recém-chegados
    tal como eles a fazem à nossa custa
    ou seja birds of the same penas...


    – um petisco sem riscos. ...se calhar adeviamos formar uma cooperativa de trabalhadores e eles ficarem com aquilo assim uma espécie de UCP em guerrilha interna permanente


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é a ditta dura a ditta mole diarreia verbal

      Só faltou mesmo António o Bórgia da gólgia dizer: temos aqui dois ou três amigos interessados em fazer o “negócio”, já que ninguém a quer comprar a custo zero e não os podemos despedir que não temos guito para as indemnizações


      Esta solução para a “privatização” da RTP tem também a particularidade de revelar que o governo não quer aliviar um cêntimo a carga de impostos e as taxas que recaem sobre os portugueses.
      pois passa dos 300 milhões para apenas 200
      quando deveriam era aceitar os 50 ou 60 milhões em publicidade
      pagavam os salários a água e a electricidade
      punham o gordo e o jorge gabriel 22 horas por dia em repetições que ninguém reparava
      2 horinhas de telejornal com o orelhas de abano a uns milhares de euros por hora
      e pronto
      só tinham 40 milhões e picos de prejuízo anual
      Fazer os anúncios custa mais uns 6 milhões ao ano graças às consultadorias e agências de pubicidade mas a maior parte já vem feita logo...daqui não vem nada para os serviços da RTP que dantes produziam a própria pibicidade

      Qualquer solução para os destinos da RTP que passe pela extinção da taxa cobrada nas facturas da electricidade é, na perspectiva do governo, “dinheiro perdido” que desaparece: não beneficia os amigos, nem entra no Orçamento do Estado....e alguém vai ter de pagar 100 milhões em salários ou subsídios de reintegração e as pensões futuras dos 2000 gaijos

      nem todos ganham pensão de 1977 até 2012 como o Artur Augustinho
      nem todos morrem uns anos depois da reforma como o fialho

      nem todos ganham uns milhões com as cruzes que vendem à RTPê




      Estamos entregues ao Gold man Saquei....saquei nota bruta né

      disse um tal de edilson...ou nil son...

      a rtpê é uma casa com tantos son's todos nil fazem mil...
      e têm todos fome
      ora tomas tomas...já lá dizia a Bera lagoa que era mais bera ca Maria Armanda....

      resumindo gostei muito...
      é engraçado que nem o partei defende as 500 casas a quem cortaram a luz e a água camarária aqui no deserto..

      a empresa púbica que é as águas do lençol terciário qui do deserto
      deve precisar dos 5000 eurros mensaes
      desta aguadilha para dar à RTPê

      ou isso ou à liga de amigos da con's trutora aqui do burgue...

      Eliminar
  3. bolas parece que é um jurista do PS?
    na boa tradição do ...eu queria que alguém me perguntasse isso para o mandar processar

    o gajo da aula magna da clássica
    que gostava de processar gente de 18 anos que falava demais

    PS: Nos primeiros sete meses deste ano, a receita fiscal do IVA foi inferior à obtida no mesmo período do ano passado, com taxas do IVA mais baixas. Ou seja, com as taxas do IVA mais baixas obtêm-se melhores receitas fiscais. Sugar as pessoas até ao osso não reduz o défice. Antes pelo contrário.

    Jurista, escreve à segunda-feira

    felizmente não é economista como aquele de cu in bra con mercúrio extra

    Já no tempo do senhor Doutor jurista Marocas
    os impostos indirectos que a maralha desempregada aqui do deserto que andavam a comer os gatos vadios e os pombos
    a malta do gueto era mais ouriços cacheiros assados e galinhas con fisgadas e batatas nacionalizadas nas hortas cabo-verdeanas

    Foi uma das razões das guerras inter-comunitárias

    começadas depois de 74 ano em que os ciganos mataram um cabo-verdiano e os cabo's incendiaram a maioria das barracas ciganas na pedreira dos húngaros

    2000 ganharem 100 milhões de salários

    é mais ou menos o que os 20.000 subsidiados do desemprego no deserto recebem por ano

    os que recebem claro que dá para
    50 mil do RSI...

    ResponderEliminar
  4. a 30 mil por casa penhorada pelo fisco no Vale da Amoreira na Baixa da Banheira

    dava para pôr metade do pessoal do bairro do pinhal

    a viver outra vez no vale

    e desta vez com menos barracas

    são 3300 casas a 30 mil cada

    e ali no vale tem havido T2 a irem por 20 mil

    não percebo porquê....

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.