quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O Alberto João dos americanos

Ontem li um artigo na Rolling Stone sobre o sheriff Arpaio, um boçal cujas iniquidades tenho seguido na imprensa desde que cheguei aqui, há 14 anos.  Finalmente, a estupidez fascista e a cupidez sem limites deste mamífero são descritas pelos media sem o tom patrioteiro e laudatório dos últimos 20 anos.  Arpaio é o herói da direita, "tough on crime" segundo eles, um sádico doente, que devia ter sido reprimido há muitos anos, segundo a Amnistia Internacional. 

No início dos anos Bush vi um documentário repugnante sobre os campos de concentração que ele gere no Arizona (a expressão "concentration camp" é dele) e as violências a que ele submetia os presos, maioritriamente mexicanos e africanos, já se vê. 

Parece que finalmente Obama o processou, embora apenas por alguns dos crimes que ele cometeu repetidamente, nos últimos 20 anos.

4 comentários :

  1. e africanos, quere o burguês dizer pretos?

    é que africanos na américa chegam só os que têm dinheiro

    haitianos não são africanos
    assim como não são os americanos negros africanos por mais afro que tenham nos cornos

    e a monarquia falida



    O rei de espanha que abate elefantes e esbofeteia a criadagem



    mas a quem os defensores dos trabalhadores simpatizam



    pois são da mesma classe de exploradores



    burgueses que nunca trabalharam nem sabem o que isso é



    depois surgem estribilhos dementes



    ó mõe as moscas da Madeira são do tamanho de santolas



    diziam as moscas filipinas dos instiputos e dos putos não institucionalizados

    ê cá acho que davas um bom director de arquipélago de gulag

    sempre achei queras mesmo desses...
    se quiseres arranjo-te um teu primo da securitate ou da stasi para te ensinar o ofício
    de resto em Texarcana há dois há um ror de anos

    ResponderEliminar
  2. o alberto joão dos texanos és tu, pá?

    és mais magrinho que o alberto joão soares cá do incontinente



    Entrada

    Visualizações de páginas









    Portugal



    71





    Estados Unidos



    56





    Rússia



    52
    finalmente o nº de putogoeses que te detestam superou o de norte-americanos que te querem pôr as tripas à mostra

    com material deste 2013 não deve chegar ao fim com todos os con's vivos

    a bem da nação mação vê se nã és deportado por amor de dios...ou do teu primo juan carlos...

    ResponderEliminar
  3. QUEM MATOU FLIP O KANGURU TEXANO?
    UM B-LOG DE QUESTIONÁRIO POLICIÁRIO FIDUCIÁRIO COM DIREITO A TORTURA PELA KGB, PELA CIA OU PELA MOSSAD (PARA SER TORTURADO POR OUTRAS AGÊNCIAS DE ESTYLO SAVAK SÓ COM MARCAÇÃO ANTECIPADA)





    Sabtu, 1 September 2012QUANDO OS REVOLUCIONÁRIOS DE CAFÉ E DE POLTRONA LEVANTAM O CU DO ASSENTO SEM ACENTO JÁ A REVOLUÇÃO SE ESFUMOU E ENTERROU OS SEUS REVOLUCIONÁRIOS DE SUCESSO SEM SUCESSO REPRODUTIVO SIGNIFICATIVO
    DENTRO OS VÁRIOS...repare-se na falta de qualitá desta pseudo-escrita:

    dentro os vários? francamente

    é como:

    Ontem(,) li (ele leu) um artigo(,) na (revista ou pedra rolante do tempo em que os sumérios escreviam em pedras )Rolling Stone sobre...(não falta aqui nada? o sheriff (ou scīrgerefa lá do shire normando) Arpaio, um boçal (o flip conhece as pessoas só de olhar pra elas) cujas iniquidades tenho seguido (lido? ou segues em terceira mão? na imprensa desde que cheguei aqui, há 14 anos....bolas os americanos têm cá uma tolerância, na pedreira dos húngaros, não passavas dos 3 meses...

    SE alguém te avaliasse pelas bojardas que escreves e que provavelmente também oralizas, ou cospes, também te denominariam um boçal, mais emocional que racional


    O negro ladino e crioulo olhava com desprezo o parceiro boçal, alheio à língua dos senhores." – Capistrano de Abreu, Capítulos de História Colonial, cap. VII ...
    Boçal é o escravo recém-chegado a áfrica

    ou no teu caso o kan guru chegado às Américas

    não é boçal o indígena, capito?

    agora apaga esta merda, não vá um dos outros 5 escravocratas. aperceber-se da tua boçalidade, ó pobre escravo da própria mente, mente que não desmente que é demente.

    ResponderEliminar
  4. Em resumo: Boçal, seu boçal é um termo que os escravocratas usavam para apoucarem sus servos, do mesmo modo que o salazarismo considerava analfabetos os muftis do Zambeze e da guiné, que só escreviam em árabe.
    Eram boçais porque eram diferentes e fanáticos ainda por cima, tinham crenças muito esquisitas.

    Já agora és um sádico normal é?
    Qual a diferença para um doente?
    O doente coxeia?

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.