terça-feira, 14 de agosto de 2012

Mas o “Correio da Manhã” ainda se publica todos os dias

“A cada três dias é assassinada uma pessoa em Portugal” (manchete do DN de sábado).