segunda-feira, 23 de julho de 2012

O Texas como explicacao da America

Os republicanos do Texas reuniram-se e produziram uma joia literaria (perdoem-me o teclado) imprescindivel para a compreensao da America.  Cada vez que venho a Europa sou confrontado com esta realidade: os europeus nao fazem a mais pequena ideia do que e a America profunda, a que elegeu Reagan e os dois presidentes Bush.

4 comentários :

  1. É de facto uma jóia! Mas se os europeus não percebem o que é a América profunda é porque não vêm televisão com a necessária atenção - está lá tudo...

    ResponderEliminar
  2. viet nan ...expli cacao é mais do méxico que texano...
    o texas não é propriamente américa profunda é mais america ultra-nacionalista e semi-sulista

    já o pessoal mórmon que anda aqui no burgo a distribuir livros e os missionários que andam de loja evangélica e em GBU's (grupos bíblicos universitários em lisboa évora covilhã beja faro UTAD e porto e provavelmente noutras
    são o pessoal do bible belt (ou mormon belt) mais obscurantista e mais republicano strictu sensu

    e aumentam em número com as crises

    como os okies da dust bowl

    por falar nisso a última passou em Poenix phonix...
    mas aí na nova zelândia nã há cortes nem expulsam os com três crimes de socialismo no cadastro?

    ResponderEliminar
  3. Estive a ler boa parte do documento. A única coisa positiva é que parecem defender a privacidade e o anonimato ( também na internet). Mas se os republicados da linha dura são contra estas intrusões, cujo aumento de frequencia tem sido tão denunciado aqui no ER, quem é que está a fazer lobbying nesse sentido ?

    ResponderEliminar
  4. Lobby wing nesse centido sentido Centrão(Descentralizado) – É conhecido entre os amigos por varias alcunhas (o Portista com charters da China, o Estranja,... o Chato), mas a mais frequente é Botekas. Nasceu em Cacau (ilha do Porto) e só recentemente está a viver naquela localidade(um nome qualquer). Tem 38 anos e nasceu em Abril o que faz dele um Touro de signo. É muito falador, (talvez um pouco demais) e dado à gabarolice, mas também é alegre e criativo. A sua experiência de vida no estrangeiro, dá-lhe sempre muitos motivos para comentários e pequenas histórias. Vive só com a mãe depois dos pais se terem separado há alguns anos. A mãe gere um pequeno comércio local. Tem dois irmãos, a Ana de 10 anos e o Rafael de 19 anos, mas este último vive com o pai para poder concretizar o curso de engenharia informática para o qual entrou no ano passado. É alto para a sua idade – mede 1,80m – e pesa 62 kg. É fã de futebol e sabe tudo sobre as melhores equipas europeias e os craques do momento, nomeadamente o David Beckam e o Del Piero que são os seus ídolos. A sua equipa favorita é a Juventus e passa o tempo todo a dizer que o Beckam ainda há-de jogar um dia em Itália. É um consumidor assíduo de Coca-Cola e adora bacalhau, independentemente da maneira como seja cozinhado. Gosta de andar de bicicleta e de passear. O seu sonho é conhecer o resto do mundo e procura amealhar todo o dinheiro que possa, para fazer o inter-rail no Verão. Assim não é raro vê-lo em biscates ajudando aqui e ali em pequenas obras lá no bairro. Gosta de uma boa discussão e um dos seus temas favoritos é a liberalização das drogas. Diz frequentemente que as leis do país são atrasadas e que se devia aprender com as experiências dos países mais evoluídos. À conta disso começa já a esboçar simpatias políticas não sendo raro ouvi-lo dizer que qualquer dia se vai inscrever num partido onde possa dar voz às suas opiniões neste e noutros campos dos direitos sociais. Contudo, dado o seu lado fala-barato não é seguro de que ele saiba do que está a falar. É dado às electrónicas mas parece fazer disso o seu segredo já que raramente fala disso com os amigos. Parece pensar que é um interesse pouco cool.

    o zero está gasto já nã o posso usar....logo considera-te o recruta o(zero)

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.