segunda-feira, 23 de julho de 2012

Melhores resultados de sempre em Olimpíadas de Matemática

(publicado no portal Esquerda.net)
A delegação portuguesa obteve o maior número de medalhas (uma medalha de ouro, uma de prata, duas de bronze) em Olimpíadas de Matemática desde que Portugal entra na competição, desde 1989. No entanto esta competição teve a sua primeira edição em 1959, mas nesses tempos parte das escolas secundárias do nosso país não tinha professores ou aulas de matemática. Nalgumas escolas a carência de professores de matemática era remediada por aulas lecionadas por oficiais do exército. Mas ainda mais grave, era o facto de o regime não considerar o ensino secundário como uma meta universal para todos os jovens portugueses, isto numa época em que na Europa do Norte e do Leste a licenciatura universitária e o doutoramento já estavam no horizonte de um jovem da classe média.
Na classificação por equipas destas olimpíadas de matemática que decorreram na Argentina, a equipa portuguesa ficou classificada em 37° lugar entre 100 países participantes. O 33° lugar em 2009 foi a melhor posição obtida pela equipa portuguesa, embora obtendo menos medalhas que na corrente edição e nenhuma de ouro. Medalhas de ouro foram apenas obtidas uma este ano e uma medalha em 2011, ambas conseguidas por Miguel Santos, aluno do 11° ano da Escola Secundária de Alcanena.
Graças ao Projeto Delfos do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra e ao esforço anónimo de muitos professores e de muitas escolas do país, a motivação e a preparação dos alunos para este tipo de eventos tem vindo a melhorar nos últimos anos. Também ajudaria se déssemos um bocadinho menos de atenção ao futebol e às novelas e um bocadinho mais de destaque nos meios de comunicação às proezas destes atletas mais cerebrais. 

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.