segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Mulher agredida por não usar véu islâmico

Uma marroquina residente em Espanha foi agredida por não usar o véu islâmico. A agressão foi de tal violência que parece ter-lhe provocado um aborto.
Talvez seja por desconhecerem a existência de casos como este que muitos insistem em afirmar que o véu é uma «mera peça de roupa», e que os franceses foram horrorosamente totalitários em proibi-lo na escola pública.