sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

É oficial: o CDS é um partido monárquico

A entrevista do Duarte Bragança ao El Pais tem passagens deliciosas, e esta é uma delas: «el CDS, uno de los partidos que forman la actual coalición conservadora gubernamental, cuenta en sus filas con muchos dirigentes monárquicos».

Portanto, é oficial: o próprio putativo pretendente ao inexistente trono de Portugal assume que o CDS é hoje, essencialmente, um partido monárquico. (Eu dissera o mesmo há uns tempos, e causei polémica, como se vê agora, sem razão para tal...)

2 comentários :

  1. O CDS é um apêndice para monárquicos, saudosistas, salazaristas, ferrenhos da patilha, forcados, reaccionários e muitas outras espécies à direita que a democracia portuguesa tem dificuldade em digerir.

    É uma espécie de Vila Franca dos partidos...

    ResponderEliminar
  2. A polémica que se levantou foi uma falsa polémica. Só os alienados polemizaram algo que é um facto.
    Agora o "râizinho" disse-o claramente, veremos se o "polémico" desmente "xualtezarreol".

    Mais é como diz o Burnay: o o CDS é hoje, essencialmente, um partido serôdio!

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.