quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O candidato «amigo dos animais»

  • «Assumindo-se como o candidato presidencial «que é amigo dos animais», Defensor de Moura quer «sensibilizar a opinião pública contra as touradas», argumentando que «o sofrimento público de animais é perfeitamente inadequado». » (TVI 24)
Aqui está uma diferença entre este candidato e os outros. Alguém quer comentar?

10 comentários :

  1. Quem tem por nome «defensor» tem de defender tudo e mais um par de botas.

    ResponderEliminar
  2. Ao menos o Defensor Moura tem um passado coerente nessa defesa, tendo-a implementado em Viana do Castelo, e não o faz por antiespanholismo oportunista como os catalães.
    Seria interessante que este fosse um tema de campanha.
    Eu simpatizo com o senhor, e ele nem é meu parente (que eu saiba).

    ResponderEliminar
  3. Neste tema, na Espanha como em qualquer outro pais, o que há é um enfrentamento entre civilização e barbárie.

    Na Catalunha o tema não tinha a ver com questões nacionalistas, e assim no parlamento catalão os partidos maioritários, CIU e PSOE, não tinha posição partidária e deram liberdade de voto.

    Outra coisa é o PP (e a sua brigada mediática) ter tal inquina aos catalães que considere qualquer coisa que façam como um ataque a sacrosanta unidade da pátria. Tenha-se em conta que nas Canárias já há anos que estão proibidas as touradas, a proposta dum parlamentário do PP.

    ResponderEliminar
  4. «Seria interessante que este fosse um tema de campanha.»

    Porquê?

    ResponderEliminar
  5. "...Seria interessante que este fosse um tema de campanha..."

    seria difícil pensar em pior tema de campanha...

    ResponderEliminar
  6. Se Moncho, o meu querido El Pais, periódico global em espanhol, na sua edição de domingo passado, revela que 57% dos espanhóis vê na proibição das touradas na Catalunha sobretudo repúdio a uma festa espanhola. Ainda assim, 60% dos espanhóis não gostam de touradas. E 52% dos espanhóis acham mal que o estatuto da Catalunha a defina como "nação".

    "Neste tema, na Espanha como em qualquer outro pais, o que há é um enfrentamento entre civilização e barbárie."

    Se concordarmos com isto que o Se Moncho escreve, então é claro que este é um possível tema de campanha, como é a burqa. Embaraça o Alegre, pois embaraça. Mas são tantos os temas que embaraçam o Alegre... E também embaraça o Cavaco.

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que é impossível ter piores candidatos do que Cavaco Silva e Manuel Alegre. São dois velhos que deveriam estar na reforma. Perante tal pobreza franciscana, Defensor Moura só pode ser melhor.

    ResponderEliminar
  8. Luís Lavoura,
    num país tão idoso como o nosso, a velhice não é propriamente uma desvantagem para quem concorre a PR...

    ResponderEliminar
  9. Filipe,

    o sr.defensor de moura faz campanha para conquistar o voto catalão?

    eu sei que se trata disso das presidenciais, enfim, mas não sabia que já se tinha chegado a delírio tamanho.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.