quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Fascistas, homossexuais e amantes

  • "O sucessor do líder populista Joerg Haider, Stefan Petzner, chocou a conservadora Áustria ao afirmar que mantinha uma relação amorosa com o falecido líder do BZOe, que morreu no dia 11 de Outubro num desastre de automóvel. Numa entrevista radiofónica, o novo líder, de 27 anos, confessou que Haider era “o homem da sua vida”. (...) depois do acidente de automóvel que o vitimou, foi revelado que não só o líder populista – que foi durante muitos anos a face da extrema-direita austríaca – ia em excesso de velocidade, como tinha níveis de álcool no sangue quatro vezes superiores ao permitido. Ficou igualmente a saber-se então que Haider tinha passado as suas últimas horas de vida num bar “gay” em Klagenfurt, capital do estado do qual era governador." (PUBLICO)

Eu sempre desconfiei...

19 comentários :

Pedro Fontela disse...

Isto já era dito há anos! Parece que foi preciso a personagem morrer para os media internacionais darem pelo óbvio...

Anónimo disse...

E neste caso, onde está a tolerância dos esquerdistas?

Pedro Fontela disse...

Anónimo,

Você não percebeu nada da intenção do post... ninguém está a condenar a relação apenas a hipocrisia dos envolvidos ao militarem por um partido com aqueles principios (asquerosos).

matarbustos disse...

então!? não será dos carecas que eles mais gostam???

ninguém merece morrer, mas nenhum gay merece ser de extrema direita, pelo que só posso sentir duas vezes pena do haider

parece mesmo que um mal nunca vem só...

dorean paxorales disse...

Toda a gente sabia que Haider era gay.

Pedro Fontela,
Não percebo o seu comentário: quais são os princípios homofóbicos do BZÖ?

Ricardo Alves disse...

Onde se foi intolerante?

ricardo s carvalho disse...

"tolerância dos esquerdistas" ??

eu sou particularmente intolerante em relação à exploração. e à hipocrisia. e à estupidez (mesmo a de não perceber um simples post). et cetera

dorean: "Porém, enquanto era vivo, o falecido líder chegou a votar contra a moção parlamentar para baixar a idade de consentimento sexual para os homossexuais, apresentando-se como um homem de família quase abstémio, indica o "The Guardian"." et cetera

Ricardo Alves disse...

Haider votou contra baixar a "idade de consentimento"?

"According to Taz, many members of Vienna's gay scene are ready to confirm the reports. They claim he regularly has sex with young men below the age of consent - 18 for homosexuals.

As a result, says Taz: "These days he prefers to meet with boys from nearby Slovakia" (where the age of consent is 15)."

http://www.guardian.co.uk/world/2000/mar/24/austria.kateconnolly

Pedro Fontela disse...

Dorean,

Pelos vistos alguém respondeu por mim...

dorean paxorales disse...

Ricardos,
Votou, sim. Como toda a maioria conservadora da altura (não faço idéia de quem era gay). O partido conservador austríaco (ÖVP) também tem princípios homofóbicos, então?

Mas vamos ao pormenor:
a lei para heterossexuais reza que a idade consentimento é 14, com o parcero(a) com menos de 18, mas permitida para 13 se a idade do outro é inferior a 16, e 12(!) na mesma situação desde que não haja penetração.

Para homessexuais, entre 1971 (antes era ilegal) e 1996 (e até 1998), a lei especificava 14 como idade de consentimento e que o outro parceiro tivesse obrigatoriamente mais 18. Era esta última especificação esquisita a diferença que se pretendia eliminar e consentir, por exemplo, 14-14, como para heterossexuais. Foi contra esse baixar da idade de um dos parceiros que Haider votou contra.

Ora, isto até pode ser discriminação para com os adolescentes (direitos diferentes e tal) mas... Homofobia?

À vista do acima explicado a notícia do Guardian não revela qualquer hipocrisia: Haider tinha bem mais de 18 aninhos quando andava na má vida e o seu namorado também...

P.S.: ademais, a citação no jornal diz tudo: "They [activistas gay] *claim* (...)"...)

dorean paxorales disse...

Correcção: onde se lê

"o outro parceiro tivesse obrigatoriamente mais 18"

deve ler-se

"o outro parceiro tivesse obrigatoriamente 18"

Pedro Fontela disse...

Dorean,

Na minha opinião todos os conservadores o são.

Anónimo disse...

Esta explicação da Dorean foi o vosso verdadeiro capoing...

dorean paxorales disse...

Pedro Fontela,

Pois olhe que está enganado.

ricardo s carvalho disse...

dorean:

"À vista do acima explicado a notícia do Guardian não revela qualquer hipocrisia: Haider tinha bem mais de 18 aninhos quando andava na má vida e o seu namorado também..."

versus:

"As a result, says Taz: "These days he prefers to meet with boys from nearby Slovakia" (where the age of consent is 15)."

eu estou a borrifar-me com quem o homem dormia, mas lá que a coisa não é coerente não é... além de que não tem nada a ver com:

"apresentando-se como um homem de família quase abstémio"

estão a gozar com quem?!

Ricardo Alves disse...

Dorean,
eh um "bocadinho" contraditorio defender publicamente os "valores tradicionais da familia" e andar a ter um caso extra conjugal, ainda por cima com um homem. E sim, eh hipocrisia (embora haja coisas mais graves, em politica, do que a hipocrisia, por exemplo a corrupcao, e o direito ah privacidade inclua necessariamente o direito a ser hipocrita mas nao o de ser corrupto).
Mas o mais fascinante nisto eh que se comeca a verificar um padrao: muitos lideres fascistas ou de extrema direita sao homossexuais. Era o caso de Fortuyn, o de Haider, tambem ha rumores sobre o Griffith, e ate sobre o proprio Hitler. Parece que as SA tem seguidores das actividades publicas e das privadas...

dorean paxorales disse...

É uma estupidez pegada, isso é claro. Até porque era segredo de polichinelo e ninguém ligava a mínima, inclusivé os eleitores. Aquela história de até a mulher "concordar" também é uma palhaçada. Não foi por acaso que a imprensa lhe chamou "a nossa Lady Di".

Já o Fortuyin, ou lá como se escreve, acho que era um personagem um pouco mais complexo do que dizes (fascista). Mas sempre foi abertamente homossexual e até apoiava causas da "comunidade" (era a favor do casamento, por exemplo).

És capaz de ter razão no padrão. Houve até agora por causa disto um poste recente do Mexia que reanalisa bem a coisa...

Quanto ao Hitler, bom. Aquela obcessão com homens altos, louros, de olhos azuis... Achas mesmo?

Maquiavel disse...

Pois o sr. Haider era "gay"... pois, porque era rico e famoso (granda espada--carräo--que ele conseguiu espetar)...
... se fosse pobre era só "paneleiro", ou "homossexual".

dorean paxorales disse...

Ricardo S.,

Essa do "As a result, says Taz: "These days he prefers to meet with boys from nearby Slovakia" (where the age of consent is 15)"

É um jornal a citar outro que, por sua vez, cita boatos. É pouco consistente.

O resto já respondi acima.