quarta-feira, 1 de maio de 2013

Onde está o Wally?

Ministro das Finanças da Alemanha: Wolfgang Schäuble.
Deputado desde 1972. Eleito pela circunscrição de Offenburg.

Ministro das Finanças da França: Pierre Moscovici.
Deputado desde 1994. Eleito pela 4ª circunscrição de Doubs.

Ministro das Finanças do Reino Unido: George Osborne.
Deputado desde 2001. Eleito pela circunscrição de Tatton.

Ministro das Finanças da Holanda: Jeroen Dijsselbloem.
Deputado desde 2000. Eleito pelo círculo nacional.

Ministro das Finanças da Irlanda: Michael Noonan.
Deputado desde 1981. Eleito pela circunscrição de Limerick City.

Ministro das Finanças da Espanha: Cristóbal Montoro.
Deputado desde 1993. Eleito por Sevilha.

Ministro das Finanças de Portugal: Vítor Gaspar.

Era desconhecido antes das eleições de Junho de 2011.
Nunca foi eleito «coisíssima nenhuma».


Leituras complementares: «"Eleger o governo"» e «O fascínio pelos "técnicos"».

6 comentários :

  1. O problema nem é não ter sido eleito o que é verdade. O problema da resposta é ter demonstrado orgulho nisso e um quase ódio (pelo menos sobranceria) à representatividade de quem o foi. Pior ainda é ter começado a resposta pela qualificação e avaliação da qualidade da pergunta e do discurso como se fosse se tivesse direito de o fazer. Isto demonstra a falta de cultura democrática e politica deste tecnocrata que tem orgulho de o ser.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com o que diz, Fernando. Mas nós ajudámos a propiciar este problema quando permitimos, durante décadas, que fosse para ministro quem nunca fora deputado.

      Eliminar
    2. Digamos que concordo totalmente com o Fernando Vasconcelos. Com as tuas propostas, tenho as minhas reservas, como já te disse, Ricardo.

      Eliminar
    3. Filipe, as tuas reservas e a indiferença de outras pessoas à legitimidade democrática dos ministros mostram a falta de cultura democrática que há em Portugal. E lamento dizê-lo.

      Eliminar
  2. Qualquer cidadão português com mais de 35 anos pode-se candidatar a Presidente da República. Mas não se pode candidatar a deputado...
    Afinal vivemos em Democracia ou em Partidocracia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São possíveis as listas de independentes para as autarquias. Não têm tido muito sucesso: neste momento, creio que há sete câmaras municipais em 308 governadas por independentes...

      Eliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.