sábado, 23 de Fevereiro de 2013

E ainda há quem culpe o tamanho da dívida pública

Portugal, final de 2010
A dívida pública atingia os 93,5% do PIB.Este crescia a 1,9%.
Algumas semanas depois o país pedia assistência financeira.

Reino Unido, final de 2012
A dívida pública atinge os 95,4% do PIB. Este está estagnado.
Algumas semanas depois, uma (e apenas uma) das três grandes agências de notação baixa a sua nota de AAA (o máximo) para Aa1.

Todos os dias ainda ouvimos paralelismos entre esta intervenção externa e outras duas há 3 décadas atrás, culpabilizações do despesismo do Estado e a necessidade de o reduzir. Deficiências estruturais do €uro, não será certamente.
A fé de um católico fervoroso dificilmente teria tanta força.

Sem comentários:

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.