sábado, 15 de novembro de 2008

Caridade Cristã ajuda a alimentar heterossexuais famintos

Mais uma sátira do Onion:

6 comentários :

space_aye disse...

Heterosexuais famintos e não muçulmanos!
E isso não é discriminação.

Pedro, o cristao calmo disse...

Por exemplo o papel que a igreja está a desempenhar no congo nao vos merece um elogio?

João Vasco disse...

Não conheço o papel que está a desempenhar no congo, e a sátira nem sequer visa a Igreja católica.

Visa algumas igrejas evangélicas, e o trabalho missionário retratado na peça é uma mera desculpa para apontar a hipocrisia de lutar pela solidariedade e pelo amor, mantendo uma descriminação atroz e um ódio à diferença.

Mas se alguns missionários ou católicos podem ir para áfrica fazer o bem (conheci casos disso directamente), também é verdade que outros vêm condenar o uso do preservativo. Numa conferência da Gulbenkien dedicada às causas do sub-desenvolvimento em África, uma das explicações que lá foram dadas prendia-se com o papel da Igreja Católica em prejudicar a luta contra a sida e o planeamento familiar com a sua aversão aos preservativos.
Quanto ao Congo, não conheço a situação, não me vou pronunciar sobre esse assunto.

Anónimo disse...

Tão bom em Portugal seria a restauração da Monarquia...

Pedro, o cristao calmo disse...

Bem caro Joao Vasco aconselho-o entao a ler alguns desenvolvimentos dos acontecimentos para se esclarecer, de resto e nao o digo de forma irónica porque nao o vejo como anti-americano a verdade é que se os EUA nao estao metidos directa ou indirectamente nos conflitos ninguém dá um chavo pelos "pretos".

João Vasco disse...

Pedro, na conferência a que fiz referência acho que os americanos nem foram referidos.

Mas percebo o sentido do desabafo, também me parece que os meios de comunicação social dão demasiada pouca importância a África.

Quando foi o conflito entre Israel e o Líbano, a alegação de 1000 mortos libaneses fazia mover meio mundo, e quando falava nos cerca de 400 mil mortos no Sudão parecia que eu era de outro planeta.