domingo, 1 de janeiro de 2012

O Esquerda Republicana

Fui um dos últimos a embarcar no ER (Esquerda Republicana), há mais de um ano e picos. Depois de outras experiências bloguísticas, devo dizer que me sinto especialmente bem neste blogue criado pelo Ricardo Alves. Dizer que me sinto bem, nao é sinónimo de dizer que me sinto confortável. As minhas costelas europeísta e ambientalista desencaixam frequentemente no puzzle do ER. E nos bastidores a malta pega-se e pega-se bem. Mas mesmo nessas pegas eu aprecio algo que depois também transparece no palco principal. É um sentido crítico muito frontal, nem sempre fácil de digerir, mas que é do mais salutar exercício intelectual. Também gosto da forma como se evita a fácil tentacao da fulanização e as cóleras histéricas tão amigas dos contadores de cliques. O Esquerda Republicana com este perfil nunca pode ser líder de audiências, mas esse prémio deixamos para o Quim Barreiros e o Tony Carreira.