quarta-feira, 21 de dezembro de 2005

O ponto de viragem?

Ou muito me engano, ou o debate de ontem foi um ponto de viragem na campanha eleitoral. Durante toda a primeira parte, Soares encostou Cavaco a um canto e sovou-o metodicamente. Durante a segunda parte, Cavaco conseguiu descomprimir os músculos faciais, mas duvido que lhe tenha servido de muito.
Mas na verdade, de política concreta pouco se ouviu ontem. O que se viu foi o esforço (inglório?) de Soares para acordar toda a gente berrando (e com uma energia surpreendente para a idade que tem) que a função presidencial não consiste em ser um super-ministro da economia ou um consultor de finanças com poderes executivos. Porque realmente ninguém, até agora, se dera ao trabalho de desmontar as promessas incumpríveis que Cavaco assina implicitamente quando fala em «difundir uma cultura de mérito e exigência» ou em ser o «irradiador da confiança e da competência». Um Presidente só tem uma ou duas formas de intervir: os discursos presidenciais (e Cavaco até reconhece pressurosamente que não é muito dotado para a fala e para a escrita...) e os congressos e seminários (que se arriscam a ser entendidos como acções de oposição aberta ao governo). Influir decisivamente no desenvolvimento do país ou nas minudências sectoriais está para além dos poderes do Presidente da República, e Cavaco tem feito de conta que não o sabe. Soares tentou explicar isto. Se teve ou não sucesso, ver-se-á nos próximos dias.

30 comentários :

Anónimo disse...

Ó pá, tanto atraso mental devia pagar imposto.

Anónimo disse...

Eu gostei muito de ouvir Soares!! Portou-se muito bem! Também gosto muito de Louçã, mas como não quero Cavaco na PR, pois é um grande mal para o nosso pobre País, tenciono ir dar meu voto a Soares.
Black Bird

Ainda não conhecia este blog. Gostei do conteúdo. Parabéns e boa sorte.

Anónimo disse...

Não é que Soares seja o melhor do mundo, mas neste momento ainda é o candidato de esquerda mais bem posicionado....
É que se ganha Cavaco eu nem sei como estará o País daqui a quatro anos...se já está mal, muitisismo pior irá ainda ficar...
Black Bird

Anónimo disse...

posto de viragem para a ecatombe final do pais da nação como ele se intitula. dia 22 de janeiro cavaco Presidente

Tonibler disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Tonibler disse...

Não foi um ponto de viragem na campanha, foi um ponto de viragem na história. Desde ontem se percebeu que gente sem escrúpulos como Mário Soares deixou de ter lugar na sociedade portuguesa.

Milo Manara disse...

Caro Ricardo,

Voto Cavaco, mas simpatizo com Alegre. Se me considerasse um homem de esquerda, pensava, até hoje, que lhe destinaria o meu voto.

No entanto, a última acção de campanha do Alegre chocou-me. Passou o dia a visitar o Patriarcado.

Apesar de me ver à direita, sou profunda e convictamente ateu. Revejo-me nos ideais republicanos e laicos, o que não considero nem mais nem menos paradoxal do que ser católico de esquerda (e desses não faltam). A minha posição à direita não se deve a qualquer conservadorismo, mas sim à defesa da mínima intervenção do Estado na sociedade, o que inclui, obviamente, a religião.

Ao ouvi-lo dizer que, apesar da sua posição pessoal, considerava que o papel da Igreja Católica desempenhava na sociedade portuguesa justificava a sua visita, Alegre desiludiu-me profundamente.

Gostava, sinceramente, de saber o que tem a dizer sobre o beija-mão do Alegre ao Cardeal Patriarca.

Anónimo disse...

Este Milo Manara ainda consegue ser mais atrasado mental que o dono do blog. Safa!

Anónimo disse...

Ricardo:

Assisti ao debate e fiquei impressionado com a luciodez, vivacidade e determinação de Soares.

Cavaco parecia anestesiado, sem se dar conta de que não concorre a PM mas a PR.

No entanto, não acredito que tenha perdido votos. A figura de coitadinho, que lhe aconselharam, favorece-o.

Anónimo disse...

Gostei muito de ver o debate entre o Soares e o Cavaco. Soares está em grande forma e com um grande sentido de humor. Até disse, sem se rir, que também sabia de Economia porque já tinha lido uns livros. Espero que em próximos debates, se os houver, também diga que Matemática e Inferência Estatística é com ele porque, como em relação à Economia, também leu uns quantos livros. Assim mostra ao outro, que ele não é só humanismo e ler livros, mas também é números. Se não fosse pedir muito, seria desejável que dissesse que relativamente a números não é apenas razoável, mas sim excelente.

Gostei, particularmente, quando Soares se riu com escárnio do percurso de vida de Cavaco, do seu relato acerca das dificuldades que teve para estudar (escola comercial. Mas que pindérico! Ainda por cima em Faro!), tirar um curso de Economia (só um pobretanas é que se lembaria de tirar um curso baseado na matemática. Mas que mau gosto!) e do que teve de trabalhar para chegar onde chegou (o homem é mesmo miserabilista!). Aqui Soares, que não é um pé rapado como Cavaco, fez bem em escarnecer. Não podemos ter como Presidente gente sem berço nem maneiras. Portugal é uma República e não um albergue espanhol.

Só não gosto é que me massacrem constantemente com "Soares está muito lúcido". Se não dizem isto dos outros, porque carga de água é que dizem de Soares?

VPV disse...

Arrogante, mal-educado, pedante, mentiroso compulsivo, intriguista, mania de que é mais do que os outros(!), sem uma única ideia.
A quem acham que os portugueses associarão estas características? obs- Pinto da Costa não vale, não estamos a falar de futebol!!!

Anónimo disse...

Se a cretinice fosse música, esse Carlos Esperança era a Filarmónica da Arrentela.

Ricardo Alves disse...

Caro Milo Manara,
essa visita de Alegre ao Patriarcado escapou-me. Não tens um recorte/linque?

Milo Manara disse...

http://tsf.sapo.pt/online/portugal/interior.asp?id_artigo=TSF166673

Sobre a sua visita ao Cardeal Patriarca, o candidato às presidenciais disse ter ouvido, da parte de D. José Policarpo, «algumas das suas preocupações, sobretudo quanto à necessidade de uma maior intervenção cívica dos cidadãos».

Manuel Alegre ressalvou que terá «com certeza» encontros com outros líderes religiosos.

«Tive uma formação católica, mas sou agnóstico. Somos um Estado laico, mas isso não significa ignorância nem menosprezo pelo papel das religiões, sobretudo pelo papel da Igreja Católica, que está intimamente ligada à história de Portugal», justificou

Anónimo disse...

Havendo a mania de que os livros que se lêem, a música que se ouve e outras coisas que tais dizem muito sobre a pessoa que se é, o que dirá da sua personalidade, alguém ainda ver tentar legitimar, valorar ou simplesmente repetir o que fez o Soares? Sinceramente eu preferia cagar um pé até ao pescoço!

Ricardo Alves disse...

Agradeço as intervenções bem educadas que foram feitas nesta caixa de comentários. Quanto aos outros, gostaria de compreendê-los...

Frog disse...

Grande Mário, és único!
Dificilmente se encontra alguém em terras lusitanas que contando 81 primaveras ainda dê mostras de semelhante vitalidade. Na verdade, quem poderia, com uma idade destas, continuar tão fresco, tão rasteiro, tão arrogante, tão trauliteiro, tão velhaco, tão sem-sentido, tão sem-assunto, tão mediocre, e tudo isto sem se babar, se não o velho marocas. Haja paciência, só falta um mesito.

Anónimo disse...

Olha Ricardo!... basta ser o contrário do que o soares sempre foi: sério, competente e honesto. Faz toda a diferença. Deviam experimentar um dia destes a menos que se achem tão incompetentes que só acreditem singrar mentindo, conspirando e roubando (compreendeste???)

Anónimo disse...

O ponto de viragem? o ponto de viragem??? ???
Como o Prof.Cavaco Silva tem mais votos do que os outros todos juntos, a tese é a de que aquela arruaça do Dr. Soares, escandalosamente mentirosa, mal-educada, pedante, pretensiosa, arrogante, com a mania de que é mais do que os outros, com a mania de que o país lhe pertence e sem uma única ideia, sem uma única ideia, ..., aquela arruaça fará com que um número significativo de pessoas deixe de votar no Prof. Cavaco para passar a votar naquele exemplo de falta de vergonha na cara.
Pensar assim não é ser socialista, soarista ou o que quer que seja, é total falta de contacto com a realidade.
Duvidam? perguntem ao arruaceiro do Jorge Coelho, o homem que queria bater em mais de metade do país. Viram o comprometimento dele ontem? Dele! convenhamos que não é fácil! Será que vai estar com um pau à boca das urnas a oferecer outra vez pancada a quem não votar no soares? Será essa a táctica?
O mais triste de tudo isto é que o Soares vai morrer sem nunca chegar a compreender uma coisa que disse tantas vezes: em Democracia todos têm os mesmos direitos.
Quanto mais, algo que nunca lhe entrará pela arrogância: que é a forma digna, ou não, como se exercem esses direitos que faz as pessoas merecedoras, ou não, de respeito.
Mas isso o que lhe interessa? a ele, o (auto-suposto) dono do país...

Ricardo Alves disse...

Caros visitantes,
não seria melhor evitar transformar a política num Sporting-Benfica? O único comentário cavaquista com um mínimo de educação e inteligência, nesta caixa de comentários, foi o do Milo Manara...
Moderai-vos, senhores!

Milo Manara disse...

Caro Ricardo,

No entanto, ainda não li o teu comentário à visita do Manuel Alegre ao patriarcado...

Ricardo Alves disse...

Caro Milo Manara,
acho que o Manuel Alegre perdeu uma boa oportunidade de ir visitar um lar de idosos.

Anónimo disse...

"O único comentário cavaquista com um mínimo de educação e inteligência, nesta caixa de comentários, foi o do Milo Manara..."
Olha lá ó Ricardo: o soares faz uma vergonha daquelas, tu, duma peixeirada daquelas, elaboras um "raciocínio" que leva a concluir que daquela peixeirada poderá sair uma reviravolta, não respondes a nada do que te dizem nos comentários e ainda vens dar-te ares de superioridade moral (educação, tu que te indignaste tanto com a peixeirada que o soares fez, indignaste, não indignaste? Não indignaste, pois não?!) e superioridade intelectual (tu, que da peixeirada deduzes uma reviravolta!). Para ti os outros não são inteligentes nem educados! Para ti...
Vocês acham-se mesmo donos do país, não é? Façam o que fizerem nunca têm de prestar contas a ninguém e toda a gente vos deve sempre tudo, não é?
Fazes-me lembrar aquela história (também escreves estória como aqueles que acham que a História é perfeita e lhes pertence?) da razão de haver tantos partos prematuros em Espanha: nem a mãe aguenta um espanhol durante 9 meses!

Ricardo Alves disse...

Faço um apelo público a alguns dos apoiantes de Cavaco Silva para que sujem menos esta caixa de comentários. Como ainda por cima têm a coragem do anonimato, não se sabe a quem pedir para limpar. E quem fica mal visto é Cavaco Silva...

Anónimo disse...

Continuas a não responder a nada e a dares-te (só)ares de superioridade. Presunção e água benta cada laico toma a que quer.

Ricardo Alves disse...

Caro «vpv»,
quer que eu responda a quê?
Ao tipo que me acusou de mentir e roubar?
Ao que me chamou «atrasado mental»?
Ao que me acusa de «superioridade moral» sem explicar por que carga de água o faz?
Ao outro que quer fazer não-sei-o-quê até ao pescoço?
Diga-me lá o que é que o «VPV» responderia a gente que coloca a conversa a este nível...

Anónimo disse...

Olá viva!
De tudo o que está acima só viste isso? Não há nada que te mereça resposta?
Hoje e amanhã não tenho tempo (Feliz Natal) mas depois, se deixares a página como está, tenho todo o gosto em sublinhar-te tudo aquilo que vejo e a que poderias ter respondido.

Anónimo disse...

Peço desculpa pela demora mas (felizmente embora neste caso não tenha sido agradável) a vida real sobrepõe-se a estas coisas. Vou fazer um esforço para que possa ser amanhã (hoje).

Anónimo disse...

uma coisa que me confude nos apoiantes do cavaco silva e' terem achado que mario soares foi mal educado, ou de alguma forma menos correcto na expressao das suas opinioes, no debate em questao. pergunto-me: tera' sido por ter dito a verdade? isso seria curioso. mas mais curioso ainda: tera' sido por nao ter usado a ridicula mania portuguesa de colocar titulos pateticos em frente aos nomes das pessoas? isso seria muito engracado pois colocaria os apoiantes de cavaco silva, que tanto gostam de criticar o pais como vivendo "fora da europa" e "fora da modernidade", no mesmo pe' de igualdade com o que mais criticam e repudiam. comico, sem duvida.

Ricardo Alves disse...

Schiappa...bem vindo ao meu blogue!