sábado, 15 de dezembro de 2012

Tiroteios nas escolas e capitalismo selvagem

Esta manhã passei os olhos pelos jornais europeus e como sempre fiquei convencido que a maioria dos europeus não percebe uma coisa fundamental sobre a América: aqui tudo é um negócio e em todos os negócios o único objectivo é maximizar o lucro.

Por exemplo, o programa de Bush "no child left behind" só tinha (e tem) que ver com os lucros das empresas que administram os testes.  A educação dos americanos é outra história.  O Partido Republicano, aliás, é contra a educação dos americanos e desde os anos oitenta tem financiado uma campanha global contra os professores.  Este ano o programa do Partido Republicano do Texas contém um parágrafo que diz o seguinte:

Knowledge-Based Education – We oppose the teaching of Higher Order Thinking Skills (HOTS) (values clarification), critical thinking skills and similar programs that are simply a relabeling of Outcome-Based Education (OBE) (mastery learning) which focus on behavior modification and have the purpose of challenging the student’s fixed beliefs and undermining parental authority.

As armas são também um negócio - de 11 mil milhões de dólares por ano - e os 16 tiroteios que este ano já mataram 88 pessoas são uma externalidade sem importância para a indústria.  A máquina de propaganda dos patrões começou a controlar os senadores e os congressistas ontem, um a um, para que não se metam a fazer comentários emocionados no rescaldo desta tragédia que mais tarde lhes custem dinheiro e talvez o emprego.

Desde 2005 a National Rifle Association (NRA) canalizou quase 40 milhões de dólares dos produtores em propaganda e Obama tem implementado continuamente legislação que desregulamenta a venda, posse e uso de armas nos EUA.  A minha universidade tem um grupo de estudantes plantados numa banca todos os dias, a distribuirem folhetos de propaganda para que a universidade ceda perante as pressões de Rick Perry e autorize o porte de armas nas salas de aulas.  Eu perguntei a uma anormal que me deu um folheto como é que se sabe quem é que começou um tiroteio dez segundos depois de ele começar e ela respondeu-me, muito direitinha, com os olhos fechados: "The bad guy is the one who is shooting in all directions."

O lucro é o único valor moral dos americanos.

2 comentários :

  1. Caro Filipe, permita-me recomendar-lhe este livro sobre o tema:
    http://www.amazon.com/Going-Postal-Rebellion-Workplaces-Columbine/dp/1932360824

    ResponderEliminar
  2. Comentava-o com a minha mulher ontem, entanto não morram nos tiroteios alguns dos patrões da industria armamentística apenas vai haver palavras e gestos vãos.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.