quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Como se fala do Natal às crianças católicas?

Por esta altura levanta-se sempre a questão de como lidar com a época natalícia e as crianças numa família ateia. Está implícita a ideia de que o Natal como o vivemos hoje, não é uma construção social que mistura conceitos e valores de variadíssimas fontes, mas algo tirado a papel químico do Novo Testamento.
Pelo menos uma vez, eu gostaria de saber como se explica às crianças católicas, uma tradição de origem pagã, onde eles celebram o nascimento de alguém que não nasceu nesta altura do ano, onde há um consumismo desenfreado, onde a figura central é o tal "velho de barbas que distribui prendas aos meninos que se portam bem", e nem a própria data de celebração  tem algo de cristão?