quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Universidades recusam fazer orçamentos

Tem havido várias vítimas do ataque cerrado que o Governo está a fazer à Ciência e Ensino Superior, desde os bolseiros aos Centros de Investigação, passando - claro! - pelas Universidades.

Vale a pena tomar atenção à notícia do Expresso que dá o título a este texto:

 «As universidades públicas recusam fazer, para já, os respetivos orçamentos para 2013, alegando não terem condições de funcionamento devido ao "corte médio superior a 2,7%", proposto pelo Governo para o próximo ano.

Além da ameaça de não elaborar os orçamentos, o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, reunido hoje, decidiu ainda pedir uma reunião de urgência com o primeiro-ministro.
"Os cortes orçamentais de que as universidades públicas foram alvo nos últimos anos conduziram a uma situação de extrema dificuldade", refere o comunicado do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, adiantando que o corte de 2,7%, correspondente a cerca de 16 milhões de euros, e as dotações orçamentais foram decididos de forma unilateral pelo Governo, ao contrário do que tem sido a prática nos últimos anos.

Os reitores dizem, no entanto, estar disponíveis para trabalhar com o Ministério da Educação na procura de soluções que "permitam viabilizar o funcionamento das universidades durante o ano de 2013 e evitar ruturas no sistema de ensino superior".»

3 comentários :

Vanaf uw Kill the Krippahlic Hun disse...

Ao IST dotei ou ajudei a apetrechar uma vez 60 mil contos em sucata, a 5% de comissão bons tempos meu tou ctg....

Já à Fundação da Faculdade de Ciências cousa mais abonada que o A.I.E (uns 10 milhões de dólares nos anos 90 nem 2 milhões de contos agora têm 29 milenas) e a I.R.E.N.A juntos e com muito menos chupistas juntos só os apetrechei com cachimbos de raiz de nogueira instrumento essencial para quick-laid's nos ladas alugados em visitas ao florescente mercado científico do leste eurropeu

Vanaf uw Kill the Krippahlic Hun disse...

roturas? rutturas? turras? rupturas dos milhares de milhões de son sós...

Firefox


34 (38%)

Internet Explorer


31 (34%)

Chrome


17 (19%)

Safari


6 (6%)

chromeframe


1 (1%)

Afbeelding waarop de populairste browsers worden getoond
Pageviews per besturingssysteem
Item Pageviews

Windows


68 (76%)

76% destes não têm dinheiro para fazer investigação de merda

os 6% do chromeframe devem ter 2 mac's cada por gabinet
e fazem merda de inbestigação

emigra pá uma mente como a tua ao lado do de Chiapas

adeviam fulgurar mais que os fulguradores do E.E Doc smith

supernovas que estiolam aqui neste misérrimo torrão

sai antes que a tua gravidade te transforme num buracão cheio de diabinhos negros in rutura's

pecebeste?
não?
é um concelho do tamanhe duma con's sé lhe ia

Vanaf uw Kill the Krippahlic Hun disse...

Amsterdão is good meu na suiça tá cheio de drógádos