segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Sobre a "taxa das dormidas"

Este governo aumenta a taxa de IVA para a restauração para o máximo, uma medida que, essa sim, afeta o turismo (comer em Espanha é mais barato), mas também o consumo interno (ir comer fora não é um luxo). Introduz a taxa sobre os sacos plástico, uma medida de que nem discordo mas que vai dar origem a situações muito mais confusas (nomeadamente na entrega ao domicílio). E agora não se calam com a taxa das dormidas em Lisboa. Pelos vistos a palhaçada protagonizada por um ministro a que se assistiu no Parlamento a semana passada (só para desviar as atenções) surtiu efeito.