sexta-feira, 4 de julho de 2014

A destruição do tecido científico nacional

A mais recente avaliação das unidades de investigação farsa trágica por parte da FCT está bem descrita em vários textos do blogue "De Rerum Natura".

Recomendo vivamente os seguintes:

A FCT ensandeceu

A liquidação da Ciência

O fim da Filosofia

A FCT condena metade das unidades de investigação em Portugal, e não apenas 22%

Augusto Santos Silva: Vamos indignar-nos?

Centro de Investigação em Montanha foi condenado à morte pela FCT

Posição do CIES sobre o processo de avaliação

O fim do centro de Nuno Crato

Há inconsistências graves na avaliação da FCT das unidades de investigação

Portuguese government shuts down half of the research units in the country

Ainda o Tsunami devastador que se abateu sobre a ciência portuguesa

Unidade de Estatística também eliminada

Depois existe um pequeno resumo, que não capta a enorme quantidade de incongruências e injustiças e absurdos do processo, mas permite ganhar uma noção do balanço devastador final:

«Um investigador português pôs, numa conferência internacional, a circular esta informação e está já a receber numerosas mensagens de apoio:

HELP! THE GOVERNMENT IS TRYING TO KILL SCIENCE IN PORTUGAL:
- 2014, contracts/grants for researchers reduced to 1/3
- 2015, research centres reduced by 1/2 (the others will not be funded to work)
Send solidarity messages to: mpsantos@fct.unl.pt
Thanks,  colleagues!»

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.