segunda-feira, 1 de julho de 2013

Auf wiedersehen


  1. Os dois ministros mais contestados pelos cidadãos saíram do governos em poucos meses. A lição a retirar é que o governo lida mal com a pressão popular. Ganham força aqueles que acham que o governo pode cair «pela rua». (Por outro lado, Gaspar refere explicitamente o Tribunal Constitucional como razão para a sua demissão.)
  2. A sua substituta tem um mandato eleitoral, o que abona a seu favor num país em que infelizmente se aceitou que um indivíduo que nunca tinha concorrido a eleições e que não tivera sequer exposição pública prévia tivesse o tremendo poder de Vítor Gaspar.
  3. Passos Coelho e Paulo Portas estão a ficar sem ministros extremamente impopulares para se esconderem por trás. Como nenhum deles é homem para oferecer o peito às balas, é essa a explicação da escolha de Maria Luís «Swap» Albuquerque.

3 comentários :

  1. "Passos Coelho e Paulo Portas estão a ficar sem ministros extremamente impopulares para se esconderem por trás. Como nenhum deles é homem para oferecer o peito às balas, é essa a explicação da escolha de Maria Luís «Swap» Albuquerque."

    Ahhh!

    Essa não me tinha ocorrido, mas realmente explica uma escolha muito bizarra.

    ResponderEliminar
  2. Eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velhote (89 anos),digo simplesmente que afinal esta Esquerda Rèpublicana embora diga que é independente de Partidos,é todavia certamente um Partido Político e será possível que nela se possam reunir as diversas classes sociais com interêsses que se entrechocam,por exemplo,
    entre a Burguesia e a Plebe,entre exploradores e explorados ?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José, a meu ver qualquer classe social pode fazer parte da "Esquerda Republicana", desde que defenda os princípios republicanos de Esquerda, i.e., basicamente a defesa dos explorados e injustiçados, rumo a uma sociedade mais justa e mais fraterna. Também dentro da Burguesia existe gente com o cérebro do lado certo, e sabe que pode e deve abrir mäo da exploraçäo, que desse modo ganham todos.
      Veja-se o exemplo do Norte da Europa, da Holanda à Finlândia, onde há pessoas (e partidos) de direita que estäo mais à esquerda que o PS.

      Entäo e nunca mais me responde ao convite? :D

      Eliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.