sábado, 22 de fevereiro de 2014

No rescaldo do debate em Serralves entre João Galamba e Nuno Melo: algumas ideias sobre o PS

A cena mais marcante do debate, para mim, foi quando o Nuno Melo estava a levar um baile do Joao Galamba e só lhe conseguiu responder "Eu olho para si e só vejo o José Sócrates." O PS tem que pensar seriamente sobre isto: não é só o "Correio da Manhã" e a Manuela Moura Guedes a pensar como Nuno Melo. Para eles Sócrates ainda "é" o PS. O líder do PS não tem que ser Sócrates (nem deve ser alguém que tenha andado sempre na sua dependência), mas ou causa este efeito a Nuno Melo e ao "Correio da Manhã", ou é totalmente irrelevante (só lhes interessará o Sócrates e não o PS). Se excluirmos a hipótese (nem académica é) de o PS renegar completamente os legados do governos de Sócrates, então o PS (friso bem aqui: o PS, não "a esquerda") tem que se convencer que "ou Sócrates, ou o vazio".

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.