segunda-feira, 13 de abril de 2009

Europa em paz? (1)

Dizem-nos que a União Europeia é a grande fautora da paz no continente. Caso principal: a França e a Alemanha envolveram-se em três guerras entre 1870 e 1945, nas quais se pode dizer que a anterior causou a seguinte. No entanto, a paz entre a França e a Alemanha depois da 2ª guerra mundial deveu-se, muito prosaicamente, à guerra fria, que deixou esses dois países do mesmo lado da cortina de ferro. Com a queda desta e a reunificação da Alemanha, temeu-se que a velha animosidade voltasse. Mas, na realidade, as condições tinham mudado: nenhum dos dois velhos inimigos é, hoje, uma superpotência. A União Europeia permite o diálogo e a procura de equilíbrios, mas atribuir-lhe a paz é, neste caso, francamente exagerado. E assim, finalmente, a Europa é governada pelo «eixo», mas pelo eixo franco-alemão.





«Le Chant des Partisans» (1943): hino da resistência francesa à ocupação alemã.