segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Faz falta um PSOE em Portugal

O PSOE aprovou recentemente os seguintes pontos programáticos.

  1. Denúncia dos acordos com o Vaticano.
  2. Fim da «Religião e Moral» curricular no horário da escola pública.
  3. Pagamento de IMI pela ICAR em todos os edifícios que não sejam realmente necessários para o culto.
É deprimente pensar que nenhum partido em Portugal, nem «do centro» nem «do extremo», se aproxima de defender estas medidas.