terça-feira, 11 de setembro de 2012

Revista de blogues (11/9/2012)


  • «(...) Ao contrário do que se diz, o Tribunal Constitucional não chumbou as anteriores medidas do governo por causa da desigualdade entre trabalhadores do público e do privado, mas por causa da desigualdade no tratamento entre cidadãos com tipos de rendimentos diferentes. Essa desigualdade mantém-se e agrava-se no anúncio atual. Não se entende porque devem ser os trabalhadores por conta de outrem a pagar desproporcionadamente a crise, e sejam poupados a esta os detentores de rendimentos do capital, propriedade, etc.
    (...)
    Este é um caminho perigoso. Todos aqueles que se lhe opõem têm a obrigação de juntos encontrarem maneira de passar da simples oposição à resistência ativa e desta à construção de uma alternativa.» (Rui Tavares)

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.