segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Há 20 anos

Ceausescu despede-se do povo romeno. Sem o saber.

Supostamente, deveria ser uma manifestação «espontânea» ao bom estilo semi-maoísta da ditadura de Ceausescu (um admirador da «Revolução Cultural» chinesa e de Kim Il-Sung). Espantosamente, a multidão começou espontaneamente a vaiar o ditador. Nos dias seguintes, morreram cerca de mil pessoas nos combates entre a facção do exército que tomou o poder e o que restava da Securitate. Ceausescu foi executado com a mulher no dia 25.