quarta-feira, 26 de março de 2014

Mais uma ajuda ao Vítor Cunha

O Vítor Cunha confundiu-se mais uma vez: vem-nos falar da "taxa de intensidade de pobreza" e não de "taxa de risco de pobreza". Esta última, de acordo com esta notícia, está agora em 18,7%, tendo num ano subido oito pontos percentuais. "Gráfico realista" nenhum faria o segmento de reta equivalente parecer quase horizontal.

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.