segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Portugal: o novo paraíso dos «call centers»

O artigo de ontem do Público sobre os «call centers» é a não perder: explica como Portugal se está a tornar o paraíso dessa nova forma de exploração do trabalho. Simplesmente, Portugal tem tudo: uma população qualificada, uma boa rede de fibra óptica e estabilidade política (ao contrário dos países árabes), salários baixos, e não fica muito longe dos centros de decisão europeus. Segundo o artigo, já existirão 50 mil pessoas em Portugal a trabalhar em «call centers», em condições de precariedade e de humilhação diária que são descritas no artigo.

Gostaria de saber o que pensam a CGTP e a UGT da situação destes trabalhadores.