sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Quem elegeu a Comissão Europeia?

Uma organização intergovernamental de meia dúzia de países da Europa ocidental produziu um governo de facto de um continente inteiro, governo esse que não resulta de eleições e que se dá ao luxo de criticar o Tribunal Constitucional da democracia portuguesa. Há ditaduras menos subtis, é certo, mas a Comissão Europeia é talvez a maior responsável política pela crise dos últimos anos - e não a podemos sancionar em eleições.

Adenda: o relatório em que a Comissão não eleita designa o Tribunal Constitucional como o inimigo a abater.

5 comentários :

  1. Quem escolheu o Presidente da Comissão foi o Blair (a conselho do Bush), através dos sucessivos vetos a outras propostas de Presidentes mais europeístas. A Europa dos soberanismos dá nisto. É por isso que eu defendo soluções mais europeístas: presidente da comissão eleito directamente pelo povo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se a Comissão Europeia decidir, por exemplo, criticar a deriva autoritária na Hungria, aí já o Ricardo Alves não perguntará quem a elegeu...

      Eliminar
    2. Colocar a defesa de direitos fundamentais e da democracia ao mesmo nível do que a defesa da finança é o disparate de abertura da «direita liberal».

      Eliminar
    3. Eu não estou a colocar nada ao mesmo nível. Estou apenas a dizer que o argumento que o Ricardo Alves utilizou, de que a Comissão Europeia não foi eleita, é falacioso e inválido. O facto é que a Comissão Europeia, apesar de não ter sido eleita, tem o direito de, e a independência para, tomar posições próprias.

      Eliminar
    4. Não é a mesma coisa criticar a deriva autoritária na Hungria e o Tribunal Constitucional. Até é o contrário.

      Eliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.