sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Criticar a Jerónimo Martins nas suas próprias barbas

Gostei da ousadia do Rui Tavares, ao denunciar a gigantesca fuga aos impostos operada pela Jerónimo Martins numa conversa organizada pela Fundação Manuel dos Santos (dirigida pela própria Jerónimo Martins). Muitos falam, falam, mas quando são convidados pela Fundação Manuel dos Santos fazem como se nada estivesse a acontecer, como se a Manuel dos Santos/Jerónimo Martins não estivesse a ir aos bolsos dos portugueses. Estou a pensar sobretudo em muita gente de esquerda.
Vivemos numa sociedade revoltada para dentro e que se deixa comprar por muito pouco. Precisamos mais desta ousadia, de boicotar as empresas que roubam os cidadãos, de gente a sair para a rua a protestar e a desobedecer pacificamente.

2 comentários :

  1. "Estou a pensar sobretudo em muita gente de esquerda."

    Esta é a única frase com a qual não concordo, pelo menos à partida.
    Que pessoas de esquerda é que a Fundação Manuel dos Santos convidou até hoje? Espero que não estejas a pensar no António Barreto...
    O Rui Tavares foi provavelmente das raras pessoas de esquerda que eles até hoje convidaram (convidaram mais umas para este evento, mas este evento tinha que ser abrangente).
    Não devem voltar a convidar pessoas de esquerda tão cedo.

    ResponderEliminar
  2. Pois, pois, e pois. É isso exactamente!
    Para näo estar sujeito a críticas da Esquerda nunca convidaram ninguém de Esquerda (apenas "esquerdistas da Direita"), mas para näo serem acusados de sectarismo convidaram o eurodeputado Rui Tavares (que até rompeu com o BE que o elegeu)... que felizmente se portou à altura da situaçäo.
    Pois é, JM, o Tavares rompeu com o Bloco de Esquerda, mas näo rompeu nem com a honestidade nem com a dignidade!

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.