sábado, 26 de junho de 2010

oppositio neanderthalis

Um aposta no desenvolvimento e no progresso a nível nacional? Pensarmos ser pioneiros em novas soluções tecnológicas? Nada disso! Esta semana a maioria dos deputados na Assembleia da República mostrou uma maior apetência por ... voltar para uma caverna com dois palitos a tentar fazer fogo no inverno [1],

«[...] PSD, CDS, Bloco de Esquerda e PCP aprovaram os seus diplomas que previam a revogação dos decretos lei do Governo, aprovados na anterior legislatura, que obrigavam à instalação de dispositivos electrónicos de matrícula ("chips") nos veículos automóveis. [...]»

Para além das vantagens óbvias na cobrança de portagens, e respectiva articulação com toda a rede rodoviária europeia neste nível, a implementação das matrículas electrónicas leva na bagagem um sem número de outros potenciais benefícios, muito em especial a nível de fiscalização e de segurança rodoviárias (embora toda a gente pareça ser cega perante as gritantes possibilidades que se abrem neste sentido).

Podíamos liderar neste campo? Podíamos; mas não era a mesma coisa... Adultos a fazer de crianças birrentas é desagradável por si só, mas fazer birra a bloquear o desenvolvimento tecnológico (num ponto em que até poderiamos ser pioneiros e vir a exportar tecnologia) é simplesmente irritante.


[1] --- Oposição aprova revogação dos chips de matrícula, TSF [Junho 2010]