terça-feira, 1 de novembro de 2011

...e somos todos democratas...

...ou não?

«[...] Paulo Portas, manifestou nesta terça-feira a sua “apreensão” perante o anúncio do primeiro-ministro grego de fazer um referendo [praticar a democracia] [...] “[O]bviamente este é um factor de insegurança e de imprevisibilidade”, declarou hoje o chefe da diplomacia portuguesa. [...] O anúncio de referendo [da democracia] feito segunda-feira pelo primeiro-ministro grego [...] está a agitar os meios políticos e financeiros europeus [...]» [1]


[1] --- Paulo Portas apreensivo com a Grécia, Público [Novembro 2011]