sábado, 26 de junho de 2010

oppositio neanderthalis

Um aposta no desenvolvimento e no progresso a nível nacional? Pensarmos ser pioneiros em novas soluções tecnológicas? Nada disso! Esta semana a maioria dos deputados na Assembleia da República mostrou uma maior apetência por ... voltar para uma caverna com dois palitos a tentar fazer fogo no inverno [1],

«[...] PSD, CDS, Bloco de Esquerda e PCP aprovaram os seus diplomas que previam a revogação dos decretos lei do Governo, aprovados na anterior legislatura, que obrigavam à instalação de dispositivos electrónicos de matrícula ("chips") nos veículos automóveis. [...]»

Para além das vantagens óbvias na cobrança de portagens, e respectiva articulação com toda a rede rodoviária europeia neste nível, a implementação das matrículas electrónicas leva na bagagem um sem número de outros potenciais benefícios, muito em especial a nível de fiscalização e de segurança rodoviárias (embora toda a gente pareça ser cega perante as gritantes possibilidades que se abrem neste sentido).

Podíamos liderar neste campo? Podíamos; mas não era a mesma coisa... Adultos a fazer de crianças birrentas é desagradável por si só, mas fazer birra a bloquear o desenvolvimento tecnológico (num ponto em que até poderiamos ser pioneiros e vir a exportar tecnologia) é simplesmente irritante.


[1] --- Oposição aprova revogação dos chips de matrícula, TSF [Junho 2010]

5 comentários :

  1. Ricardo Schiappa:

    Devo dizer-te que subscrevo este texto, em resposta ao teu:

    http://ktreta.blogspot.com/2010/06/o-problema-errado.html

    ResponderEliminar
  2. e já respondi que acho pura paranóia achar que não é possível desenhar sistemas electrónicos sem interacção de qualquer utilizador humano, e que apenas registram infracções...

    ResponderEliminar
  3. Há aqui uma parte duma resposta dele, que começa com uma citação tua para depois citar notícias, que mostra bem que as preocupações dele são mais do que paranoia injustificada:

    «" precisamente para regulamentar esses problemas existem comissões de protecção de dados etc"

    Comissão de Protecção de Dados põe em causa 'chips' das matrículas
    "A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) mostrou um 'cartão vermelho' ao Governo relativamente à legislação que vai tornar obrigatória a colocação de 'chips' nas matrículas. Para a comissão, os cidadãos têm de ver assegurado o direito de não deixar rastos electrónicos."

    Comisão Protecção de Dados diz que não está garantido direito à privacidade dos condutores
    "A Comissão Nacional de Protecção de Dados considerou hoje que não está garantido o direito à privacidade dos condutores na proposta de lei para tornar obrigatória a instalação de um dispositivo electrónico nas matrículas dos veículos motorizados."»

    Hum...

    ResponderEliminar
  4. bom, se leste isso então também leste que acho muito bem que essa discussão da privacidade de dados seja feita e que as recomendações da CNPD sejam levadas em conta na implementação das matrículas electrónicas.

    mas não foi nada disso que aconteceu. antes, a oposição limitou-se a avançar com o chumbo a uma tecnologia promissora só para "ser do contra"... como disse ao ludi, quando acordarem com um endereço de IP na almofada (e não falta assim tanto tempo) nem vão dar pelo comboio que lhes passou pela testa...

    mais ainda: esse género de argumento que o estado não tem nada que saber que eu ando a 200 na AE para efeitos de me passar uma multa, é o mesmo argumento que diz que o estado não tem nada que saber quanto dinheiro tenho nas minhas contas ou nos meus off-shores para efeitos do fisco. (o "eu" é naturalmente impessoal)

    eu aqui sou coerente e acho precisamente que o estado deve adquirir essa informação para cumprir a lei: seja no que diz respeito à segurança e fiscalização rodoviárias, seja no que diz respeito à boa e efectiva cobrança de impostos combatendo a fraude e a evasão.

    ResponderEliminar
  5. Bolas, dêem-me monárquicos religiosos...

    Mais promissora parece-me aquela tecnologia do chip do cão. Assim pagava-se a portagem, o supermercado, os impostos, as taxas moderadoras, as propinas, a quota do partido certo, enfim...é todo um mundo republicano de oportunidades de esquerda.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.