segunda-feira, 5 de maio de 2008

uma terra de contrastes

«[...] O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje que, em 2007, "pela 1ª vez na história", Portugal vendeu mais tecnologia do que importou, em parte devido à "aposta estratégica" feita há três anos nas energias renováveis. [...]

[U]ma prova de confiança em Portugal, na nossa economia e na competência dos portugueses", afirmou José Sócrates, em Vila do Conde, destacando a "intensidade tecnológica" do projecto, que "está na vanguarda do que de melhor se faz tecnologicamente no mundo". [...]»


(PÚBLICO.PT --- 05.05.2008)

tão modernos numas coisas, tão primitivos e arcaicos noutras...

8 comentários :

Anónimo disse...

Livra, que os senhores esquerdistas são mesmo obcecados com os homossexuais.
Que falta de imaginação. Se chover amanhã, acha que isso também será culpa da sociedade retrógrada que não aceita homossexuais?
E já agora, o senhor esquerdista já pensou que não estaria aqui se o seu pai e a sua mãe fossem tão adeptos da homossexualidade como o senhor é?

Pedro Fontela disse...

Estes anónimos se não existissem tinham que ser inventados...

Anónimo disse...

E os senhores esquerdistas, se não existissem, também tinham de ser inventados. Mas para os senhores, bastava um qualquer homossexual lembrar-se que estava sozinho e precisar de companhia.

João Vasco disse...

Os homofóbicos é que são obsecados com os homossexuais, não os deixam viver em paz, como todos os outros, podendo - por exemplo - casar-se com quem quiserem, etc...

Os "esquerdistas", a serem obsecados, são-no em realação a perseguições e descriminações injustificadas, como a que existe na lei ao não permitir o casamento homossexual, e a que existe na sociedade em que 70% das pessoas "acha mal" uma coisa com a qual não tem nada a ver, não tem que achar mal ou bem.
Mas felizmente não são só os "esquerdistas", e infelizmente nem são todos os "esquerdistas". São as pessoas que reúnem um mínimo juízo e carácter, na minha opinião (e outras, eventualmente).

Anónimo disse...

Em primeiro lugar, senhor esquerdista, uma correcção linguística: escreve-se obcecados e não "obsecados".
Depois, uma pergunta: porquê os homossexuais? Há por aí tanta gente a ser discriminada por tantas razões (e em maior número do que os homossexuais). Porque é que é este o vosso "cavalo de batalha?

João Vasco disse...

«Há por aí tanta gente a ser discriminada por tantas razões (e em maior número do que os homossexuais)»

ateus, mulheres, pessoas de outras raças, etc... Acho que a esquerda se tem mostrado contra todas estas formas de descriminação injustificada.

Anónimo disse...

Correcção ortográfica: discriminar e não "descriminar". Mas os senhores esquerdistas não sabem escrever?

dorean paxorales disse...

Este Sócrates cada vez cheira mais a Paraguaçu.
Fábricas. Um avanço tecnológico do tempo da segunda revolução industrial. Com tecnologia dos outros, claro.